Jardins Residenciais Internos – Veja Como Deixar Sua Casa Mais Bonita

Ter uma casa bonita, harmoniosa e muito aconchegante, tanto para os próprios moradores quanto para receber amigos, familiares e demais visitas, com certeza é o sonho de todo mundo. E se até bem pouco tempo atrás o desejo era reformar ou adquirir simplesmente um imóvel, a grande busca hoje em dia de quem já alcançou este sonho, é deixar sua residência o mais agradável possível.

E a boa notícia para quem está em busca de novos elementos que podem trazer este grau de satisfação vem dos profissionais de arquitetura, engenharia, decoração e designs de interiores, pois é notável que a cada dia surgem novas técnicas e soluções nesta tão importante área.

Talvez o grande “boom” deste momento ainda seja a adequação de espaços e ambientes internos nas casas para a confecção de jardins residenciais internos, isso mesmo, ao contrário do que muitos possam imaginar, ter um jardim dentro de casa é uma coisa cada vez mais normal e mais requisitada pelos clientes nos novos e modernos projetos.

Jardins Residenciais Internos – Tenha Mais Conforto e Tranquilidade Dentro de Casa

São vários os motivos que levam aos moradores desejarem ter um destes jardins dentro de casa. Conhecidos também como jardins de inverno, eles primeiramente dão um toque final e todo especial em qualquer decoração, pois convenhamos, é um charme hoje em dia termos dentro de casa um cantinho todo colorido, cheiroso e que realmente trás toda uma paz e harmonia para o ambiente familiar.

Um outro aspecto positivo de termos um jardim interno em nossas casas diz respeito principalmente aos amantes da natureza e das plantas e toda a possibilidade que os mesmos tem de cuidar delas, regando-as regularmente, fazendo as podas e manutenções regulares para o bem estar das plantas, fato que talvez não seria possível com um jardim tradicional, pois os projetos de casas e apartamentos estão cada vez menores e mais “enxutos”.

Ou seja, tal elemento se torna uma verdadeira terapia para qualquer pessoa interessada em passar momentos de muita tranquilidade dentro de casa.

Portanto, se você está construindo, reformando ou ainda com um imóvel na planta em fase de construção, é fundamental que você converse com os engenheiros e arquitetos responsáveis pela obra sobre seu desejo de ter um espaço desses, pois os mesmos saberão exatamente como contemplar isso já na fase do projeto.

Assim, você poderá diversos locais para fazer um ou alguns jardins residenciais internos, como embaixo e ao lado de escadas, em lavabos e banheiros, embaixo de bancadas, em uma área de living, corredores, hall de entrada da casa, entre outros lugares que sua imaginação e vontade permitirem.

O mais importante de tudo é você se programar bem antes e fazer todos os preparativos necessários para que seu jardim de inverno fique realmente muito bonito e elegante, impermeabilizando muito bem a área e também ficando atento para que este espaço receba diariamente um pouco da incidência da luz solar, não diretamente sobre as plantas, mas para que as mesmas possam fazer seus processos de fotossíntese e sobrevivam normalmente.

Dicas de Principais Plantas Para Jardins Internos

Outro cuidado de fundamental importância que você deve ter, diz respeito à escolha das plantas que serão utilizadas, isso porque algumas espécies se adaptam e outras não a tais condições internas, sem tanta luz ou ventilação.

Na sequência você confere algumas sugestões sobre quais são as principais plantas indicadas para jardins residenciais internos: Pau D’Água, Zamioculca, Rosa de Pedra, Minicactos, Palmeira Chamaedórea, Palmeira Ráfis, Licuala, Pleomele, Espada de São Jorge, Lírios da Paz, Violeta, Palmeira Areca, Antúrio, Begônia, Jiboia, Singônio, Babosa de Pau, Filodendro Cascata, Bromélia, Jade, entre outras.

Fotos de Lindos Jardins Residenciais Internos

E para te inspirar ainda mais nessa difícil decisão sobre qual estilo ou projeto de jardim de inverno escolher, selecionamos uma série de fotos com imagens belíssimas de jardins em diversos ambientes de uma casa. Confira todas as fotos e decida com os profissionais e com sua família qual se adéqua melhor ao que vocês desejam.

Por fim, gostaríamos de ouvir sua opinião, sendo assim, nos relate o que você achou da nossa matéria com todas estas super e importantes dicas a respeito deste assunto tão procurado hoje em dia? Envie seu comentário logo abaixo pois rapidamente responderemos a todos.

Decoração de Salas com Almofadas Coloridas – Veja Ótimas Dicas

A sala de estar é sem dúvida alguma um dos principais cômodos de uma residência, pois provavelmente será neste local onde você passará mais tempo com a família enquanto estiver em casa, seja assistindo programas de TV, vendo um bom filme, recebendo visitas, entre outras atividades.

É por isso mesmo que ela deve refletir o gosto e preferências de seus donos, para que todos que ali chegarem, também se sintam em casa, totalmente a vontade. Engana-se quem pensa que é preciso investir muito para conseguir ótimos resultados.

E você, quer dar uma cara nova para sua sala mas o seu orçamento está curto para investir muito dinheiro em grandes reformas? Pois então saiba que com um investimento pequeno, alguns truques simples e com muita criatividade é possível alcançar resultados incríveis, que realmente transformarão sua sala de estar em um ambiente muito mais charmoso e aconchegante.

A dica hoje diz respeito às almofadas para sofás, isso mesmo, sabia que se você tem em casa um jogo de sofás já “velhinho” ou um modelo de uma cor neutra qualquer, é possível dar vida nova para ele? Com o uso correto de almofadas coloridas seu sofá e sua sala em geral ganharão um aspecto bem mais “vivo” e elegante, e você ainda economizará por um bom tempo por não precisar reformar a casa ou trocar toda mobília.

Almofadas coloridas dão vida em qualquer sala de estar

Importante dizermos que caso você aposte em uma decoração de salas com almofadas coloridas, é fundamental ter cuidado com os demais itens do ambiente, para que eles também não atraiam tanto atenção por conta de suas cores, caso contrário teríamos um resultado totalmente diferente do esperado, com um ambiente muito carregado nas cores.

Almofadas coloridas também ficam ótimas quando trabalhadas em contraste com o ambiente

Como vimos anteriormente, o interessante neste modelo de decoração é encontrar o ponto ideal de equilíbrio entre todas as cores utilizadas, conseguindo um resultado final com um contraste perfeito e harmônico no espaço.

Fotos de Modelos de Decoração de Salas com Almofadas Coloridas

Como dizem por ai que uma imagem vale mais que mil palavras, confira a seleção de fotos que selecionamos abaixo com diversas dicas práticas sobre como fazer uma decoração baseada no uso de almofadas coloridas.

Confira todos os detalhes e inspire-se no momento de adquirir as suas capas coloridas e atente-se aos detalhes acessórios também, como a forma correta de combinar tapetes, cortinas, cores da parede, entre outros.

Como Aproveitar Todos os Espaços em Apartamentos Pequenos

Decorar um apartamento pequeno pode parecer uma tarefa muito complicada, visto que o trabalho precisa evoluir em ambientes reduzidos. Por isso, a criatividade e o planejamento são fundamentais para ter sucesso em qualquer projeto de decoração. Confira nesse artigo como aproveitar todo espaço disponível no seu apartamento.

Não é necessário realizar o projeto no apartamento por completo, ou seja, é possível aplicar mudanças com focos independentes em um ou mais cômodos do apartamento. Podemos começar pela cozinha, um local onde transitam os donos e que geralmente pode contar com visitas nos finais de semana.

A mesa é um bom exemplo que podemos realocar na sala de jantar/cozinha, afim de otimizar o espaço disponível. Experimente colocar a mesa em um dos cantos desse ambiente e depois coloque as cadeiras nas duas extremidades que sobraram.

Mesa para Apartamento Pequeno

Desse modo os donos da casa nunca ficarão frente a frente com os convidados, mas sim lado a lado, podendo aproveitar todo espaço restante na mesa. Opte por mesas retangulares, pois as redondas e ovais ocupam muito mais espaços e definitivamente não combinam com apartamentos pequenos.

Espelhos, armários vazados e\ou armários com portas de vidro (de preferência para que sejam instalados no alto) também são importantes neste aspecto, pois passam a sensação de que o ambiente é mais amplo do que do que realmente é.

Estantes Vazadas são perfeitas para Apartamentos Pequenos

Na área de serviço, por exemplo, você pode ter um armário exclusivo para aguardar produtos de limpeza e outros acessórios que podem ser alocados acima do tanque de lavar roupas.

Outra prática bem comum na hora de decorar um apartamento pequeno é conjugar a sala, a cozinha e a área de serviço, e assim aproveitamos todos os espaço que as divisórias poderiam ocupar. Você pode inserir uma bacada na cozinha, separando-a da sala um espaço um pouco maior, e finalizando com nixos enfeitados com vasinhos floridos.

Apartamentos Pequenos com Ambientes Conjugados

No quarto de solteiro os espelhos também estão presentes, bem como os nichos. É perfeitamente possível colocar duas camas nesse quarto (geralmente com tamanho de 7,5 m) e também um guarda roupa que seja útil para uma ou duas pessoas que o utilizem.

O quarto do casal também precisa de espelhos para se apresentar como um espaço amplo e um armário grande. Escolha também um painel de madeira para suportar tvs de led ou lcd (quanto mais finas, melhor).

O banheiro também pode ter pequenas modificações. Escolha as cubas, pois elas poupam muito espaço interno de um armário que geralmente é instalado abaixo do espelho. E para finalizar, utilize cores em tons claros nos móveis do seu apartamento, pois sempre geram uma sensação de amplitude em qualquer ambiente.

Quais são as Atribuições de um Design de Interiores?

O curso de design de interiores tem como objetivo formar profissionais que pretendem trabalhar no ramo de decorações de diversos tipos de ambientes internos, desde quartos até cozinhas, com o objetivo de deixar estes ambientes mais charmosos e funcionais.

Para quem deseja trabalhar em um setor que pode fazer toda a diferença em uma decoração de uma casa, pode escolher este curso, mas não pense que somente o aspecto da decoração é que conta.

Um aluno deste tipo de curso não aprende somente a harmonizar todos os aspectos dos cômodos, ou seja, além de aprender a combinar todos os elementos de decoração de um cômodo de uma residência ou de uma casa ou loja, deve pensar em todos os aspectos de uma decoração.

E um dos aspectos que devem ser levados em consideração é o aspecto financeiro, pois o cliente geralmente pode pagar até certo valor no total ou pagar até um valor de prestação, portanto é de suma importância que o aluno aprenda a fazer um projeto de decoração levando em conta este detalhe.

Pois o aspecto financeiro pode fazer com que se mude muitas coisas na hora de planejar um ambiente, pois pode se mudar, por exemplo, o tipo de material, ou um simples detalhe pode fazer a sua decoração mais cara, como por exemplo, se o material escolhido for de mais de uma cor, pode ficar mais cara, ou seja, projetos com o mínimo de cores podem ficar muito mais baratos.

Design de Interiores - Amarelo

Outro aspecto que deve ser considerado na hora de fazer um projeto é o gosto do cliente, pois não adianta nada o futuro profissional fazer um lindo projeto de decoração.

Se este projeto não agrada em nada o cliente, portanto é fundamental que se discuta com o cliente que tipo de decoração que ele deseja qual o estilo, as cores e o material que se deseja na sua decoração, para que o mesmo se sinta satisfeito na hora de entregar a decoração.

O aluno vai aprender no decorrer do curso a combinar diversos aspectos da decoração, como iluminação no ambiente, combinar tudo o que se é utilizado em um local, como cortinas, tapetes, estofados, quadros, luminárias, enfim, o grande desafio é fazer com que todos estes elementos se harmonizem entre si, combinando cores e estilos.

Um erro que jamais deve ser cometido é em relação a prazos, pois infelizmente para conquistar muitos clientes, muitos designs prometem prazos que muitas das vezes são muito curtos, portanto seja realista com o seu cliente e prometa um prazo razoável, que possa se fazer um projeto de qualidade e que agrade o seu cliente, pois muitas das vezes é melhor demorar um pouco mais com um bom projeto do que fazer dois que não sejam tão satisfatórios.

O mercado para o futuro profissional é muito amplo, com a possibilidade de se trabalhar como autônomo ou com empresas especializadas, mas para um aluno que está começando à carreira agora, o ideal é fazer um estágio em uma empresa conceituada no ramo, trabalhar um bom tempo neste lugar para que depois comece a trabalhar por conta, pois terá uma longa bagagem de conhecimento.

E esta é uma boa hora para se investir nesta carreira, pois o setor de construção está em alta e como em todo setor falta profissionais qualificados, portanto verifique em sua cidade a instituição de ensino superior que oferece este curso, que possui uma duração de dois anos e que tem sido uma oportunidade de inserção rápida no mercado de trabalho.

Este tipo de profissional está sendo muito importante quando o assunto é dar um acabamento final nos ambientes interiores tanto de residências como de escritórios, pois este tipo de profissional pode fazer toda a diferença em um acabamento, dando um charme a mais em qualquer tipo de ambiente.

Como Contratar uma Empresa ou Profissional para Projetos de Móveis Planejados

Este tipo de projeto é fundamental para quem já comprou a sua casa própria e pretende deixar os móveis a seu gosto, ou seja, deseja deixar cada cômodo de sua casa de acordo com o desejado, pois há a possibilidade de se escolher muitas coisas, como as cores dos móveis, em que lugar deseja colocar cada móvel, além de outros detalhes que são fundamentais em uma decoração.

Depois do sonho realizado da casa própria, muitas pessoas pretendem contratar um serviço de marcenaria para fazer os móveis planejados, pois com este tipo de serviço, pode se fazer os móveis da maneira que se desejar, pois muitos aspectos podem ficar de acordo com o desejo do cliente:

• As cores dos móveis, que podem ser claros ou escuros, dependendo do gosto do cliente;

• Formato dos móveis, que na grande maioria das vezes há um acordo junto com o marceneiro que tipo de formato que deseja;

• Prazo de entrega, que deve ser acertado de uma maneira que não prejudique nem o cliente, que geralmente atrela esta entrega dos móveis a alguma data importante, como a mudança para a nova casa ou aniversário de casamento e nem atrapalhe o montador, que precisa de um certo tempo para fazer este tipo de projeto, que demanda um bom tempo;

• Estilo do cliente, que pode ser um cliente mais arrojado ou mais tradicional, portanto este detalhe deve estar bem claro, para que não haja problemas no futuro;

• A escolha de um bom profissional, portanto é de suma importância que se pesquise muito antes de decidir qual o marceneiro que pretende contratar, portanto o ideal é perguntar para quem contratou o profissional para saber a sua procedência.

Móveis planejados criam decorações arrojadas e proporciona um ambiente mais harmônico

Alternativa para quem pretende fazer móveis planejados é procurar por empresas que são especializadas neste tipo de móveis, que geralmente entregam estes tipos de móveis em um prazo mais curto , além de dar um bom prazo de garantia, dão assistência no pós venda e que fazem a montagem de uma maneira rápida e eficaz e se caso houver algum tipo de problema nos móveis, será muito mais fácil resolver, pois é só entrar em contato com a empresa, o que se torna mais difícil com o marceneiro, se caso não for um bom profissional, pode até não deixar nenhum tipo de contato com o cliente.

Portanto é de suma importância que se tome todos os cuidados na hora de decidir quem irá fazer os seus móveis planejados, pois afinal de contas infelizmente há muito picareta no mercado, que muitas das vezes fazem muitas promessa e que na hora de executar o serviço não cumprem com o prometido.

Abaixo algumas dicas antes de se contratar um profissional ou uma empresa de móveis planejados:

• Antes de contratar um profissional ou uma empresa, certifique que é uma empresa idônea, ou seja, se possui uma boa carteira de clientes e se há muitas reclamações nos órgãos de defesa do consumidor;

• Procure levantar informações com clientes desta empresa ou profissional, pois nada melhor do que uma opinião de terceiros para verificar se a loja entrega no prazo estipulado, se os móveis são de qualidade ou se acontece algum tipo de problema nas montagens, co o quebra de móveis ou rachadura nas paredes;

• Caso seja possível, visite algum cliente que fez algum móvel com esta empresa ou profissional, para certificar a qualidade dos móveis e outros tipos de informação, como prazo de entrega, como foi feita a montagem, se houve algum tipo de problema desde o início da compra até o final da entrega do mesmo, enfim é uma ótima oportunidade para se levantar o máximo de informações possíveis sobre a empresa ou profissional.

Como Decorar um Jardim com Pedras Lisas ou Rústicas

Um jardim não é feito somente com belas plantas e flores fenomenais, ou seja, há um tipo de artigo que pode fazer toda a diferença na hora de se montar um jardim é a pedra, que pode dar um toque rústico e interessante ao seu jardim.

Para quem desejar dar um toque especial em seu jardim e que não quer ficar restrito somente as opções de flores e plantas, pode começar a investir em um tipo de artigo que pode dar todo um charme rústico e especial ao seu jardim: as pedras.

As pedras são um tipo de artigo que pode ser usado de diversas formas, seja como um simples detalhe em um jardim ou como a estrela principal de um jardim, como o caminho de pedras para uma fonte de água, por exemplo.

Para escolher as pedras, deve se levar em consideração o tipo de decoração que se deseja fazer em um jardim, ou seja, de acordo com o tipo de decoração, deve se escolher a pedra ideal, levando em consideração vários fatores, como o tamanho e a cor da pedra.

Jardim Simples com Pedras

Em casos de projetos mais formais de decoração, o tipo de pedra usada é a pedra lisa, como por exemplo, em um jardim com um desenho específico, em casos de decorações mais livres, sem um desenho específico, são usadas as pedras mais brutas.

A compra deste tipo de pedra é feita por peso e a melhor forma de se comprar as pedras é através de placas, pois caso pretenda comprar as pedras individualmente, irá custar mais caro e outra forma de baratear o custo de compra das pedras é se tiver algum caminhão para transportar o material, pois caso a loja que revenda as pedras faça a entrega, o preço final pode ficar mais caro.

Para decorar um jardim com pedras, vários aspectos devem ser levados em consideração, como por exemplo, se deseja somente colocar algumas pedras isoladas em um canto do jardim ou se pretende fazer um desenho especial com estas pedras, neste caso é de suma importância que se contrate um jardineiro para que lhe dê boas opções de decoração.

As pedras podem dar um aspecto Zen no jardim

A grande vantagem de se decorar com pedras é que pode se escolher uma grande variedade de pedras, de acordo com o tamanho e as cores e assim poder fazer muitos tipos de trabalhos, como por exemplo:

• Colocar pedras brancas embaixo de uma planta ornamental que não precise de muita água;

• Criar desenhos de decoração no solo, tomando como base diversas formas geométricas, principalmente círculos;

• Montar uma cachoeira, com bastante pedras para formar aquela descida das águas;

• Colocar pedras embaixo de vasos de plantas, para dar um acabamento especial;

• Criar um cenário rústico mesclando diversos tipos de pedras de diversas cores e tamanhos, principalmente pedras grandes;

• Criar círculos com diversos tipos de pedras, até chegar ao miolo da pedra, colocando uma pedra grande no meio do círculo;

• Criar trilhas com pedras.

Com todas estas opções de decoração, fica muito mais fácil decorar o seu jardim, pois pode mesclar pedras com plantas e flores e assim usar a sua criatividade, pois o grande segredo para fazer uma boa decoração é usar o material certo para a proposta desejada pelo cliente, ou seja, se ele quer somente pedras ou pedras com flores e plantas, se deseja um projeto de jardim simples ou mais arrojado, além de se definir o quanto se deseja gastar, ou seja, são muitos detalhes que devem ser pensados na hora de se fazer um jardim.

E com todas estas decisões, é só montar o seu jardim de acordo com o projeto desejado e assim montar o jardim dos seus sonhos, com pedras, plantas e flores de sua preferência e com o desenho desejado.

Como Decorar uma Sala de Estar, Tornando-o Mais Aconchegante!

A sala de estar é um dos ambientes mais aconchegantes de uma casa, pois depois de um dia intenso de trabalho, nada melhor do que se reunir com a família em uma sala decorada com muita beleza e estilo, que pode relatar a personalidade dos moradores da residência.

Depois de um dia intenso de trabalho, nada melhor do que chegar a casa e encontrar com a sua família, em uma sala muito bem decorada, com ambientes com elementos bem harmonizados entre si, desde um simples quadro ou estofado até em uma cortina bonita, uma sala bem decorada remete a conforto e a paz de espírito, portanto nada melhor do que decorá-la com muito estilo e classe.

Dicas de Decoração para Sala de Estar

Uma das primeiras coisas em que se deve pensar é na cor do ambiente, ou seja, uma das cores que mais combinam com qualquer tipo de lugar é o branco, que apesar de ser considerada uma cor monótona, combina mais facilmente com qualquer outra.

Para quem deseja escolher outras cores, escolha cores que não sejam tão difíceis de combinar com outras, ou seja, as cores neutras são as melhores, devido ao fator de combinarem com outros tipos de cores mais vibrantes.

Decoração de Sala de Estar com Tons Claros

Antes de comprar a tinta, deve se ter em mente que tipo de pintura deseja fazer, ou seja, vai pintar a sala toda ou somente uma parede ou o teto? Que tipo de cor que irá usar, ou seja, cores mais fortes ou mais neutras, enfim são perguntas que devem ser respondidas antes de se começar a pintar.

Evite colocar cores fortes em uma parede ou em um cômodo todo, ou seja, cores como laranja, vermelha e amarela deve ser usadas em acessórios ou objetos pequenos.

A dica mais importante na hora de decorar um ambiente é saber que estilo que a pessoa gosta, ou seja, deve se fazer uma análise para saber de que tipo de móvel ou ambiente te agrada mais, ou seja, sendo uma pessoa que gosta de móveis mais minimalista ou mais tradicional, descubra que tipo de estilo deseja decorar a sua sala e mãos a obra.

Uma das maneiras mais fáceis de fazer uma decoração é procurar em diversas revistas de decoração, ou seja, este tipo de literatura pode dar uma direção de como decorar a sua sala. Não se prenda somente a um tipo de estilo de alguma peça, um bom exemplo são os sofás de uma sala, que não devem ser rigidamente iguais, ou seja, os estofados de uma sala podem ter a mesma cor, mas terem estilos diferentes.

Decoraão da Sala de Estar com Contrastes

Para quem possui um ambiente pequeno, pode usar e abusar de móveis que aperfeiçoem espaços, como por exemplo, estofados que possuem compartimento. No caso de salas de tamanho muito grande, o ideal é criar diversos tipos de ambientes, ou seja, use o tamanho ao seu favor, dividindo a sala em diversos ambientes úteis, como por exemplo, um cantinho para a diversão das crianças, um espaço para o uso de computador e um cantinho para assistir a TV com todo o conforto.

No caso de uma sala muito pequena, use algum tipo de elemento de vidro que de um aspecto amplo para a sala, como por exemplo, uma mesa de centro ou um espelho bem grande, que além de chique, pode dar um aspecto de um ambiente grande sem o ser.

Com todas estas dicas, decorar a sala de estar não será uma tarefa muito difícil, ou seja, com um pouco de criatividade e ousadia vai deixar esta parte da sala muito atraente, bonita e charmosa.

Banheiros Planejados – Inspire-se Com Nossa Seleção de Imagens

Já citamos em artigos anteriores que os novos empreendimentos imobiliários trazem uma forte tendência atualmente, que é a construção de ambientes internos cada vez menores. Por conta disso, decorar tais espaços em uma residência se torna uma tarefa muito difícil e que exige muito planejamento e criatividade, seja de profissionais responsáveis por este trabalho ou do próprio morador mesmo.

Como normalmente os espaços estão menores hoje em dia, o que as pessoas devem ter sempre em mente é a necessidade de criar um espaço que além de bonito, charmoso e elegante, fique também muito harmônico e funcional para seu uso no dia-a-dia.

Sendo assim, o ideal é que antes mesmo da própria construção ou de uma reforma em sua casa ou apartamento, você discuta com um arquiteto ou outro profissional da área se possível, quais são suas necessidades e como deseja que o ambiente fique.

E uma das principais reclamações de moradores sem dúvida alguma diz respeito aos seus banheiros, que por conta de tudo que foi dito são muito pequenos, apertados e nada funcionais. Se você também passa por este problema, veja algumas dicas simples na sequência que podem te auxiliar a resolver este problema.

Banheiros Planejados – Confira Sugestões Imprescindíveis

O primeiro passo para resolvermos este problema de “sensação de espaço pequeno”, é investir em banheiros planejados, que como dissemos anteriormente, precisam ser planejados em todos os seus detalhes, iniciando portanto na escolha das tintas, cores e tons da pintura do mesmo.

Para começar a passar um “ar” de maior profundidade ao espaço, dê preferência por cores e tons de tintas mais claras, pois deixam o ambiente menos “carregado” e ao “refletirem” melhor a luz do local, criam sombras que dão sim aquele aspecto de maior profundidade, fato que não ocorreria com uma pintura já mais escura.

Outra dica fundamental diz respeito aos móveis que deverão ser utilizados em seus banheiros planejados. Como o próprio nome já diz, opte por adquirir móveis planejados de acordo com os espaços existentes no cômodo, com objetivo sempre de aproveitar cada centímetro disponível.

Apesar deles terem preços na maioria das vezes um pouco maiores que os móveis convencionais, tenha certeza que o custo x benefício irá compensar totalmente seu investimento.

Uma outra sugestão fundamental é fazer uso de grandes espelhos no local, pois ao refletirem as imagens também passam aquela sensação de maior profundidade ao ambiente.

Por fim, considere também investir em uma iluminação artificial de qualidade, com luzes embutidas no ambiente todo, você verá que detalhes como este podem fazer toda diferença na harmonia dos banheiros planejados.

Confira a seguir mais algumas dicas práticas em imagens que você poderá usar para se inspirar e quem sabe utilizar como solução para sua casa.

 Banheiro com Pastilhas Vidrificadas

Na imagem acima podemos constatar uma ideia muito bonita e que deixou o banheiro em perfeita harmonia, que foi o uso de revestimento da parede do boxe com pastilhas vitrificadas e o piso com um tom muito escuro. Repare também nos demais móveis do local, como são perfeitos para o ambiente.

Banheiro Revestido com Tijolinhos

Na imagem acima podemos novamente ver mais um exemplo de banheiros planejados que fogem do padrão tradicional, isso porque uma das paredes foi revestida de tijolinho, deixando-os aparente (conforme podemos ver no reflexo do espelho). Essa ideia está em total harmonia com o uso de pastilhas esverdeadas que aparecem no piso. Repare também em soluções práticas para a funcionalidade do espaço, como a adoção de um nicho nas paredes.

Banheiro com Revestimento e Cuba

Repare na imagem acima como o uso correto do espelho pode ser uma excelente opção para o seu banheiro ou qualquer outro ambiente. Com esta solução, foi possível passar uma sensação de maior profundidade ao local. Complementam a belíssima decoração os revestimentos da parede e cuba na cor amarela.

Banheiro com Revestimento em Tons Claros

Já nesta imagem acima podemos conferir como o uso de tintas e revestimentos em cores e tons claros dão vida e profundidade ao local. Repare também na iluminação artificial embutida completando a decoração e por fim, nos móveis que forem planejados como solução para este banheiro.

Banheiro com Contrastes

Nesta foto podemos mais uma vez ver a utilização de uma cor clara nas paredes e rodapés, contrastando apenas com o detalhe da parede vermelha ao fundo. Repare mais uma vez na grande peça de espelho na parde lateral atuando de forma funcional e também para dar maior profundidade ao espaço.

No vídeo a seguir você encontra mais algumas informações práticas de banheiros planejados. Assista e inspire-se, veja como gastar pouco e ter um belíssimo resultado.

Como Escolher Plantas Ornamentais para Jardins

Todo mundo deseja ter um jardim bem bonito em sua casa, mas não basta somente escolher um monte de flores e jogar no jardim, é necessário fazer um projeto para que as flores fiquem bem bonitas e uma boa opção para deixar o seu jardim diferente e bonito é colocar alguma plantas ornamentais junto com as flores.

Quem disse que um jardim deve ter somente flores?

Muito pelo contrário, muitas pessoas na hora de fazer um jardim, elas apelam também na escolha de algumas plantas que podem dar aquele charme especial em seu jardim.

Uma das plantas preferidas pelos donos de jardins na hora de montar é a planta ornamental, pois este tipo de planta pode trazer sorte, segundo os supersticiosos, além de serem plantas grandes e que possuem muito detalhes, que podem fazer toda a diferença na hora de montar o seu belo jardim.

Plantas Ornamentais são ideais para projetos mais arrojados de Jardinagem

As plantas ornamentais podem variar em seus vários aspectos, como no formato das folhas, nas diversas cores e até começar a apostar nos seus significados, pois há quem acredita que estes tipos de plantas possuem significados especiais.

Uma boa dica antes de escolher as plantas ornamentais é entrar em contato com algum tipo de jardineiro, que pode dar um bom projeto de jardim, ou seja, verificar quais são as flores e os tipos de plantas que ficam bem em seu jardim, combinando estilos e cores das flores e plantas.

Para quem deseja fazer o seu próprio jardim pode procurar algum curso de jardinagem, que vai ensinar diversas técnicas de como montar o seu jardim, que tipos de ferramenta usar e quais as dicas de como fazer com que as suas plantas e flores durem mais.

Abaixo algumas dicas de como cuidar de plantas ornamentais em um jardim:

• Primeiramente se informe de como são as condições de cuidado que este tipo de planta possui, como por exemplo, que tipo de adubo recebe como a iluminação interfere em seu desenvolvimento, quantas vezes devem ser molhadas por semana, enfim, no caso das plantas ornamentais, cada uma possui um cuidado específico que somente um profissional pode dar as informações corretas sobre cada planta.

• Na hora de regar, cada planta possui a medida certa, ou seja, algumas plantas devem se regadas todos os dias, outras podem suportar alguns dias sem água, o importante é verificar qual a necessidade de água de cada planta com o seu jardineiro.

• Há plantas ornamentais que necessitam de uma poda constante, ou seja, devem ser podadas por muitas vezes e caso você não tenha muito tempo para podar estas plantas ou não conhece ninguém que possa fazer isso para você, procure escolher plantas que não exijam tantos cuidados.

As plantas ornamentais de jardim possuem uma variedade enorme de cores

• O melhor jeito de se controlar as ervas daninhas é arrancando com as próprias mãos, ou seja, nada de usar nenhum tipo de herbicida, pois pode contaminar as suas plantas ornamentais e deixe sempre o seu jardim limpo, pois muitas ervas daninhas podem se reproduzir somente com as sementes deixadas na terra.

• Muitas pessoas acham que os insetos prejudicam a sua horta, mas isto não é verdade, pois muitos insetos ajudam na manutenção da do jardim, como uma forma de manter o seu equilíbrio do jardim. Os insetos só são um risco quando começa a prejudicar a sua planta, neste caso é de suma importância verificar qual o inseto que está prejudicando o seu jardim.

• Cuidados especiais devem ser feitos no caso de jardim com plantas ornamentais, como evitar a proliferação de fungos, ou seja, evite o excesso de água e evite ao máximo o uso de elementos químicos para evitar pragas daninhas em seu jardim, tornando-o mais saudável e bonito.

Como Escolher Plantas para Jardim Vertical Externo

Muitas pessoas desejam ter um jardim diferenciado, com plantas verticais, que dão um charme especial em qualquer jardim, mas para que se consiga este efeito, mas é de suma importância que se escolha as plantas corretas para este tipo de jardim Muitos não querem fazer um jardim tradicional, com as plantas e flores na posição horizontal, ou seja, preferem escolher plantas que ficam na posição vertical, dando um aspecto bonito e diferenciado para o seu jardim.

Um detalhe que muita gente não sabe é que não se deve escolher qualquer planta para fazer este tipo de jardim, pois não são todas as plantas que ficam firmes em uma parede. Uma boa dica na hora de escolher a planta correta é escolher uma planta que não possua uma raiz muito grande ou uma raiz que seja muito invasiva, caso contrário o suporte deste tipo de jardim não irá suportar a planta.

Outro detalhe que deve ser levado em consideração é o fator peso das plantas, ou seja, esta escolha deve ser feita antes mesmo da construção, para que as plantas e flores escolhidas possam ser suportadas, pois deve se fazer um muro que agüente o peso das plantas, arbustos e flores sem nenhum problema.

Decoração Reciclada para Jardim Vertical

Na hora de escolher as plantas ideais, é de suma importância que se escolha espécies que escondam as bases, ou seja, plantas que fiquem bastante encostadas nas paredes, para que o efeito seja bonito e que a ferragem não apareça.

Outro fator que deve ser levado em consideração na escolha de plantas de jardins verticais são os fatores da natureza, como ventos e luz solar, pois deve se evitados espécies que sejam muito sensíveis ao sol e ao vento, no caso de lugares como muros de residências e de fachadas de prédios.

Para que seja facilitado a manutenção deste tipo de jardim, evite espécies que exijam muita água na hora de regar, além de plantas e flores que sejam muito sensíveis, pois estes tipos de plantas exigem cuidados muito especiais, como podas constantes e um plantio excessivo.

Na hora de escolher as plantas de um jardim vertical, deve se levar em consideração o quanto de tempo que terá disponível para cuidar deste jardim, pois apesar de ser um jardim mais rústico, deve ter cuidados como poda e rega.

Caso não possua experiência em cuidados com este tipo de jardim, procure um jardineiro, que pode dar todas as dicas de cuidado com o jardim, que vão desde a escolha das plantas em um jardim, levando em consideração o local onde serão plantadas, quantas vezes na semana devem ser regados, que plantas que combinam com certos tipos de flores e o que fazer em caso de surgimento de ervas daninhas, além de outros tipos de assistência neste tipo de jardim.

Outro detalhe interessante é que estes tipos de jardins podem ser feitos tanto em ambientes externos ou internos, ou seja, há algumas espécies de plantas que podem muito bem se adaptar a uma sala de estar ou uma varanda, ou seja, basta somente ter os cuidados adequados para este tipo de ambiente.

Com todas estas dicas, ter um jardim vertical não é tão complicado assim, este tipo de jardim é ideal para quem não possui muito espaço disponível, mas que nem por isso quer ficar longe da natureza, pois este tipo de jardim pode ser feito em muros de residências ou em um cantinho especial da casa, ou seja, é uma ótima oportunidade para quem deseja dar um charme especial em sua casa, apartamento ou escritório, portanto aproveite todos estas informações para começar a ter um jardim todo especial e ter um contato mais próximo com a natureza, mesmo sem ter tanto espaço.